domingo, 25 de setembro de 2011

Sérgio Castro Pinto


As coisas já mudaram um pouco, mas a escola que minha geração e eu freqüentamos contibuiu para a visão de que a literatura é feita por pessoas que viveram em lugares distantes e já estão mortas há muito tempo. Para vencer esse preconceito, que tal dar uma olhada neste vídeo sobre o maior poeta vivo da Paraíba e um dos melhores do Brasil?



*

Nenhum comentário:

Postar um comentário